domingo, 11 de setembro de 2011

A promessa


Encerramos, na última sexta-feira, o curso de Capacitação em Educação Musical, uma realização da Prefeitura Municipal de Campina Grande (PMCG) em parceria com a Fundação Universitária de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (FURNE) e Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). O curso, com duração de 180 horas, surgiu em função da Lei 11.769/2008, que tornou obrigatório o ensino de Música em todos os níveis da educação básica, tendo como objetivo principal qualificar músicos e professores da rede municipal.

Durante o período de realização do curso, os alunos tiveram a oportunidade de aprofundar os conhecimentos em várias disciplinas. Os conteúdos abordados possibilitaram a compreensão da importânica e dos fundamentos políticos, sociais, culturais e psicológicos da educação musical, contribuindo para a reflexão sobre a práxis pedagógica local. Após a conclusão das aulas, que foram ministradas de forma teórica e prática, os alunos estagiaram em seis escolas públicas, a saber: Escola Agrícola da Vila Florestal (Lagoa Seca), Escola Tiradentes (Santa Rosa), Creche Amenaíde Santos (Santa Rosa), Escola Leonardo Vitorino (Pedregal), Escola Maria das Vitórias (Bairro das Cidades) e CEAI Elpídio de Almeida (Ramadinha II). Em todas as escolas foram realizadas oficinas de canto e movimento, confecção e exposição de instrumentos, bem como apresentações artísticas. A receptividade e a participação dos gestores, da equipe de professores e dos alunos das escolas visitadas foram excelentes, ratificando a premissa de que a Música é mais que bem-vinda e necessária dentro do contexto escolar.

Na solenidade de encerramento, o Secretário de Educação do Município de Campina Grande acatou as propostas apresentadas no nosso relatório, garantindo, dentre outras coisas: 1) que serão tomadas todas as providências no sentido de assegurar o cumprimento da Lei 11.769/2008; 2) que será criado o cargo de professor de Música dentro do quadro funcional da PMCG; e 3) que a PMCG envidará todos os esforços para realizar, o mais breve possível, um concurso público para o provimento do cargo de professor de Música. Falamos, ainda, sobre a criação de uma coordenação municipal para o Ensino de Música, bem como sobre a necessidade de aparelhar todas as creches e escolas com instrumentos musicais e outros equipamentos que permitam o desenvolvimento de diversas práticas educativas e musicais.

A ação conjunta da PMCG, da FURNE e da UFCG gerou frutos positivos, aproximando a academia da realidade local. Estamos cientes de que este foi apenas o passo inicial e que parcerias desta natureza podem e devem ser repetidas ao longo da caminhada. As palavras dos gestores municipais encheram de alegria e esperança os corações dos alunos participantes daquele curso de capacitação, que esperam ansiosos pelo cumprimento de tais promessas, essenciais para a emancipação do ensino de Arte e Música na Rainha da Borborema.

Vladimir Silva  (silvladimir@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário